Autismo ou TDAH – Qual é a diferença e como reconhecer

Alguns sinais do autismo e sinais do TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade) são bem parecidos e por isso acabam confundindo as pessoas.

Reconhecer as diferenças entre autismo e Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) não é fácil.  Geralmente isso é uma dificuldade recorrente até mesmo de profissionais de saúde, pois é muito comum alguém receber o diagnóstico de TDAH e anos depois receber o diagnóstico de autismo porque o primeiro diagnóstico estava errado. Por isso é preciso ter ajuda de um profissional competente para conseguir diagnosticar de forma adequada.

Porém, no vídeo de hoje, o psicólogo (e pai de autista) Rafael Manes Vieira fala sobre os dois transtornos e explica as diferenças entre eles, para te ajudar a conseguir reconhecer sinais de TDAH em crianças comparando-os com as características do autismo. Lembrando que também pode acontecer de os dois transtornos virem juntos, na mesma pessoa, o que chamados de comorbidade (quando a criança tem mais de uma coisa).



Pra ficar claro o entendimento do leitor, eu fiz esses dois esquemas, assim espero conseguir facilitar a compreensão de todos. Por isso veja primeiro as principais características do autismo e do TDAH:

autismo x tdah

E aqui as características que o autismo e o TDAH têm em comum entre eles.

autismo x tdah

Então, as esquematizações acima facilitaram a compreensão? Mas para conseguir entender melhor, venha assistir ao com os sinais clássicos dos dois transtornos. Esse vídeo está muito bem explicado, de fácil compreensão.

Caso você tenha gostado das informações passadas nesse artigo, não esquece de nos contar nos comentários porque o seu retorno é muito importante para nós. Só assim saberemos se o assunto interessa a maioria dos leitores e se devemos continuar escrevendo textos ou gravando vídeos sobre esse tema.

E não se esquece de se inscrever no nosso canal do YouTube (link aqui) e ativar o sininho para receber as notificações de novos vídeos.

Beijos, Thata.

2 comentários

  1. Arlete silva comentou

    Gostei muito do video
    Gostaria de saber mais sobre o assunto
    Quais os caminhos para melhor ajudar a crianca

Deixe seu comentário!